• Facebook: ifsccontinente
  • Twitter: ifsccontinente

guia de cursos

icone horarios aulas

icone agenda salas

icone coordenacoes horarios

 icone docentes horarios aec

manual-do-estudante3

 

fale conosco

ouvidoria

banner carta servicos cidadao90x80pxbanner sic90x80px

Mostra de cultura japonesa PDF Imprimir E-mail
Seg, 08 de Maio de 2017 18:50

mostra-cultura-japonesaA mostra de cultura japonesa no IFSC câmpus Florianópolis-Continente em parceria com a Nipocultura, acontecerá nos dias 10 e 11 de maio e promoverá atividades culturais inteiramente gratuitas e abertas a comunidade, com objetivo de disseminar os aspectos culturais do Japão. Dentre as atividas serão ofertadas palestra, oficina gastronomica, oficinas de arte e exibição de filme.

 

Inscreva-se através do link abaixo. Todas as atividades são GRATUITAS.
https://www.eventbrite.com.br/e/mostra-de-cultura-japonesa-no-ifsc-continente-tickets-34379484965?aff=efbevent

 

Cronograma das Atividades:

 

Dia 10/5/2017

14h às 18h
PALESTRA SOBRE O CONCEITO DE MOTTAINAI acompanhada da realização de Worshop de TOFU e aproveitamento de seus resíduos - o OKARA

19h às 21h
SESSÃO DE CINEMA. Exibição do filme “AN” - Sabor da Vida 

Dia 11/5/2017

15h às 15h50
OFICINA DE ORIGAMI - Turma I

16h15 às 17h
Oficina prática de FUROSHIKI - Turma I

18h às 19h
OFICINA DE ORIGAMI - Turma II

19h15m as 20h
Oficina prática de FUROSHIKI - Turma II

 


 

Mottainai

Traduz-se por desperdício, mas no Japão sua significação é mais ampla; envolve um estado de espírito que expressa profundo respeito pelos recursos da natureza, advindo como consequência, o consumo consciente com cuidado e parcimônia, e uma certa paz interior e gratidão quando se utilizam adequadamente apenas os necessários recursos.  Mottainai   significa então, a atitude grata e respeitosa de cuidar e se relacionar com a natureza e com a   vida.  

Tofu (豆腐) é feito da coalhada da soja, prensada em blocos através de um processo semelhante a fabricação de queijo. É uma excelente fonte de proteínas na culinária japonesa, além de ser um ingrediente importante para quem segue uma dieta vegetariana. O tofu também é um alimento versátil, podendo ser usado em uma grande variedade de preparações   doces e salgadas. 

Considerado um alimento altamente nutricional, o Tofu fornece 44% das necessidades diárias de cálcio, 9% de magnésio, e 40% de ferro e também contém pequenas quantidades de vitamina K, tiamina, riboflavina, niacina, vitamina B-6, ácido fólico, colina, fósforo, selênio e magnésio. Além disso, possui baixo teor de gordura e calorias e pode ser consumido por celíacos, pois é isento de glúten. Possui também substâncias que ajudam a reduzir os níveis de colesterol ruim.  

Seu resíduo, o OKARA pode ser utilizado de várias formas, como exemplo, farofa, croquete e hambúrguer. 

A demonstração de como fazer tofu e a utilização de seus resíduos será ministrada por MIDORI KOBASHIGAWA DE BARROS. A Demonstração terá duração estimada de 3 horas. 

Quem é Midori?

“Nasci em Okinawa, uma ilha no sul do Japão. Hoje, moro em Florianópolis, uma ilha no sul do Brasil. Venho do outro lado do mundo, onde a cultura é bem diferente daqui. Sou formada em turismo, mas nunca exerci a profissão. Meu sonho sempre foi ser empreendedora. Tive vários empreendimentos, como restaurante, lanchonete, confecção e artesanato. Na infância, a necessidade de ajudar meus pais fez com que eu me apaixonasse pela arte culinária. Hoje, em tudo que faço coloco muito amor. Sejam sabores orientais, ou temperos brasileiros, preparo delícias para você devorar. :)  ​http://www.devorei.com/ 

 


 

“AN” - Sabor da Vida 

 

Sinopse do filme: Sentaro dirige uma pequena padaria que serve dorayakis - panquecas recheadas com pasta de feijão vermelho doce. Quando uma senhora de idade,Tokue,se oferece para ajudar na cozinha, ele relutantemente aceita. Mas Tokue prova ter um toque de mágica quando se trata de fazer “an”. Graças à sua receita secreta, o pequeno negócio logo floresce e com o tempo, Sentaro e Tokue  abrem seus corações para revelar velhas feridas. 

 

O filme mostra a importância dos conhecimentos tradicionais gastronômicos e também como a energia e o sentimento influenciam no resultado de um produto. O filme possibilita também, o acesso ao entendimento de parte da gastronomia do Japão, pois mostra técnicas e tecnologias utilizadas na mesma.

 


 

ORIGAMI ​é a arte japonesa de dobrar o papel. 

 Segundo alguns estudiosos do origami, o costume de dobrar papéis é tão antigo quanto o surgimento do papel na China. No Japão, o papel foi introduzido entre os séculos V e VI por monges budistas chineses - era considerado um artigo de luxo. Desta forma, a arte do origami  era executada apenas pela nobreza. No Período Edo (1600-1867) a prática se estendeu às mulheres e crianças e a partir de então, incluída como matéria escolar. O origami exercita a ​paciência​, a ​humildade​, a ​simplicidade​, a ​dedicação e a ​habilidade manual e intelectual​. Como em toda arte japonesa, cada dobradura é única e decisiva. Se errarmos, como na vida, o vinco ficará para sempre. A prática desta arte nos ensina a vivenciar intensamente cada ato​, a ​valorizar o momento​, a ​ter controle de si mesmo​. 

Na oficina de origami serão produzidos dobraduras que podem ser utilizadas em decoração de festas e também como embalagens para produtos de festas.

Materiais necessários para esta atividade:

  • Papel sulfite, tesoura, estilete e cola;
  • Impressão de gabarito

 


 

 

FUROSHIKI

 

Furoshiki ​é uma tradicional técnica japonesa de dobradura em tecido muito utilizada para transportar roupas, presentes, comidas entre outros bens. É comum ser usado para o   transporte de obentô (marmita japonesa) e ainda servir de toalha de mesa para a refeição. Essa técnica é datada do período Edo, quando o furoshiki era utilizado para embrulhar roupas dos frequentadores dos banhos públicos. 

O nome furoshiki se escreve com os ideogramas “furo” (banho) e “shiki” (estender, abrir, espalhar). Além da utilidade dos tempos feudais, hoje o furoshiki assumiu uma proposta ecológica - pela  dispensa de embalagens que serão descartadas - e por ser muito charmoso e versátil. Os tecidos possuem normalmente formato   quadrado e podem ser de seda, nylon ou algodão. No Japão,os tecidos pintados com a técnica shibori são muito usados. 

As dobraduras em tecidos podem ser aplicadas na confecção de “marmitas” e mesmo lembranças de festas, sacolas para carregar alimentos, uniformes e bebidas, útil para os alunos e comunidade. 

Conteúdo prático realizado na oficina:

  • 2 modelos de bolsa;
  • 2 modelos de bolsa para garrafas;
  • 2 modelos de obento (marmita)

Materiais necessários para esta atividade:

Obs: QUEM QUISER FAZER A OFICINA E LEVAR A BOLSA PRONTA PARA CASA, LEVAR TECIDO QUADRADO (70x70, 1,00x1,00, 1,40x1,40) 

 


 

 

Link para inscrições: https://www.eventbrite.com.br/e/mostra-de-cultura-japonesa-no-ifsc-continente-tickets-34379484965?aff=efbevent

 

banner estude no ifsc 180x80

cadastro interesse campus

assistencia estudantil

portal aluno

intercambio

icone docentes horarios atividades

button site pubifsc

button site moodle

 

acervo-virtual-2

 

Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.